Tirar Dores Com O Poder Da Mente


Jonas Yakamura - Mente em Transição
A dor é um sino que serve para anunciar que alguma coisa não vai bem em você. A dor é a sirene da mente e do corpo. Depois de emitido o aviso, sua presença é desnecessária. É correto e saudável, portanto, querer que a dor desapareça.
A nossa essência é divina e na divindade não existe dor. A dor ocorre por uma contingência errônea e nosso esforço é atingirmos um estado tão perfeito no qual a dor não exista.
Todos nós desejamos livrar-nos da dor; logo, não é uma coisa boa e nem é parte intrínseca da criatura humana.


Se agora você chora, alegre-se porque logo estará rindo e essa alegria é mais intensa devido ao contraste com a situação anterior. Assim como após a tempestade nascem os dias mais lindos, após o sofrimento a alegria é mais vívida e a vida é mais valorizada.

Ao invés de meditar sobre a morte e sobre a dor, medite sobre a vida e sobre a alegria.
A origem da dor pode ser física ou mental, mas sempre vai repercutir na mente.
Tire a dor da sua mente e a dor deixará de existir.

Como Tirar a Dor

Há muitos remédios, comprimidos e injeções que se usam para tirar a dor.
Mas não é deste método que nos ateremos aqui e sim pelo poder da mente.

Você pode tirar a dor de uma pessoa simplesmente impondo as mãos sobre a cabeça do paciente e mentalizando, com sentimento e com convicção, que a dor vai indo embora e que a pessoa está lhe dizendo que não sente mais nada. A sua energia curadora se transferiu para o paciente e equilibrou o estado de saúde.

Outra maneira de tirar a dor é pela sugestão: faça com que o paciente se coloque numa posição confortável, de olhos fechados, atento somente para o que você fala. E você deve dizer com sentimento, com seriedade, com convicção, com voz decidida, intensa, vibrante e branda ao mesmo tempo, e com desejo sincero:

"Está passando, está passando está passando, está passando, está passando... Cabeça aliviada, cabeça aliviada, cabeça aliviada, cabeça aliviada..."
A repetição torna a sugestão mais eficaz e mais forte.

Você pode também se auto-sugestionar. Repita para você mesmo, com sentimento de poder:

"aliviado, aliviado, aliviado". E, ao mesmo tempo, imagine-se em ótimo estado de saúde e bem-disposto. O subconsciente receberá a ordem e a cumprirá.

Você pode, ainda, sugerir-se que vai contar de um a vinte e, ao contar vinte, não sentirá mais dor nenhuma e estará completamente saudável. Ao terminar de contar, desligue-se do problema e passe a ocupar-se de qualquer outra coisa.

Este método você pode empregá-lo para tirar a dor de outrem. Se não passar totalmente, volte a repetir a operação. Dá resultado.

Se periodicamente você sofre de dores, como, por exemplo, cólicas menstruais, dor de cabeça ao amanhecer, dor de cabeça em dia de vento norte, dor nas pernas ao caminhar, assim por diante, faça uma frase carregada de energia positiva, ou, mesmo, uma palavra, e a repita muitas vezes por dia.
Seu subconsciente abandonará a programação anterior e assumirá essa nova programação definitiva. 

Lembre-se, no entanto, que, tirando a dor, não significa que a doença esteja curada. Aí o caminho é outro. Mas, você pode curar seus males sem precisar sofrer dores.

Escrito com base no livro, "O Poder do Subconsciente"
Por Jonas Souza


Gostou? Compartilhe!